Playlist da Semana: Trilhas Dilacerantes

. 0 Comentários .

Sou da opinião que a trilha sonora é parte muito importante de um filme. Ela pode ser considerada como um personagem, que precisa ser tão bem pensado, elaborado e executado, como qualquer outro que compõe o elenco. Como eu sou uma pessoa musical, já isso mil vezes, eu sou do tipo que começa alguma música no filme eu quase morro de emoção, porque acho muito legal como ela significa dentro do enredo todo. Depois eu vou em busca das trilhas completas e fico ouvindo mais uma centena de vezes.
Resolvi fazer essa playlist de Trilhas Dilacerantes, que nada mais é das que mais me emocionaram na vida. Não precisa ser só de uma cena triste dramática, pode ser também aquelas cenas que te enchem o olhos de lágrimas de emoção. Espero que gostem =)

Al Green – How Can You Mend A Broken Heart – em The book of Eli

Lee Ji-Soo and Jo Yeong-Wook – Cries of Whispers – em Oldboy

Otis Redding  – Try a little tenderness – em My Blueberry Nights

Song Yumeji’s theme – em In The Mood For Love

Astor Piazzolla – Tango Apasionado – em Happy Together

Angela Gheorghiu/London Symphony Orchestra/Evelino Pidò/Karen Jones – Casta diva – em 2046

Karen O – The Moon Song (2013) – em Her

Zbigniew Preisner –  “Song for the Unification of Europe (Patrice’s Version)” – em Three colours: Blue

Nina Simone – Just in time – em Before Sunset

Kath Bloom – Come Here – em Before Sunrise

Claude Debussy – Clair de Lune – em Tokyo Sonata

You Might Also Like

No Comments

Comente aqui ;)

Comentários