Personagens preferidos #sériesdetv

. 1 Comentários .

Todo mundo que gosta de histórias sempre se apega a algum personagem mais que outro. Como sou viciada em séries minha lista de personagens é bem longa, e alguns são adorados por um montão de gente, então bora mostrar os não tão óbvios.

Alice, Luther

Ruth Wilson

Alice, Luther

Já ouviram a frase: “amigo é aquele que te ajuda enterrar o corpo”? Pois, Alice é uma psicopata fofa, se é que isso é possível, que se for sua amiga ela vai fazer absolutamente tudo por você. Até enterrar o corpo.

Eli Gold, The Good Wife

Alan Cumming

Eli Gold, The Good Wife

É o gerente de campanha de Peter Florick, marido de Alicia, A Boa Esposa. Em meio a intrigas políticas, Eli, manipulador merecedor do Emmys, não mede esforços para levar Peter ao topo depois do escândalo logo no começo da série e conseguir o que seu patrão (ainda nem sabe que) quer. Se precisar passar por cima da mãe, ele vai passar. Não queira arranjar briga com ele.

Starbuck, BSG

Katee Sackhoff

Starbuck, BSG

Kara Thrace é a Starbuck super foda do remake de Battlestar Galactica. Na série original, Starbuck era uma cara. Como não assisti, não sei se a personalidade era igual. Starbuck é a mais foda da tropa estelar. Ela fuma charuto, adora uma jogatina, cerveja, sexo e pilota muito fodasticamente.

Ray Donovan, Ray Donovan

Liev Schreiber

Ray Donovan, Ray Donovan

Ray é um fixer, um consertador de situações, mas não da mafia. Ele trabalha para um advogado de ricos e famosos em Los Angeles. Quando coisas dão muito errado para este povo e não pode sair na mídia, ele é chamado para “dar uma jeitinho”. Ray tem um grande coração, apesar de não demostrar isso de um jeito muito visível. Ele cuida da família e está sempre livrando os irmãos das merdas que o pai faz.

Data, Star Trek Next Generation

Brent Spiner

Data, Star Trek Next Generation

Data é o adorável androide da nova frota de Star Trek que quer entender as emoções humanas e que no final descobrimos ser mais humano que qualquer um de nós. É outro daqueles que você quer abraçar e tomar uma xícara de chá, talvez acompanhados de hologramas de personalidades históricas.

Bay Kennish, Switched at Birth

Vanessa Nicole Marano

Bay Kennish, Switched at Birth

Ela é uma das duas meninas que foram trocadas na maternidade. Boa filha, boa irmã, amiga, é aquela pessoa que você quer abraçar e não largar mais. Artista apaixonada por Frida Kahlo, ela é quase gente como a gente só que mais legal.

Peter Quinn, Homeland

Rupert Friend

Peter Quinn, Homeland

Porque ele é o cara que mata os caras maus. Quinn tem um grande coração perturbado pelo seu passado. Presente. Futuro. Futuro alternativo… Mas é outro daqueles que nunca vai te deixar na mão, mesmo que você seja um tremendo imbecil que merece um gato na cara como a Carrie.

Rusty, Major Crimes

Graham Patrick Martin

Rusty, Major Crimes

Rusty apareceu a primeira vez em The Closer, quando que testemunhou um crime. Menor de idade, ele vivia com a mãe usuária de drogas e acabou se prostituindo para sobreviver. O garoto foi colocado no serviço de proteção a testemunha. A série acaba e começa o spin off Major Crimes: em paralelo com as histórias de crimes, também vemos a história do garoto mais fofo, amável, inteligente, esforçado que você vai querer abraçar.

Job, Banshee

Hoon Lee

Job, Banshee

Esqueçam Gossip Girl e Sex in the City! Job tem o figurino mais legal da TV. Não sei exatamente se ele é um travesti ou um crossdresser, mas sei que é cabeleireiro, hacker nerd super foda e assaltante. Job é ácido, engraçado e muito foda. É do time Quinn, daqueles que não deixam um amigo na mão, nunca. Bom, acho que é mais no estilo Alice.

Miss Fisher, Miss Fisher Murder Mysteries

Essie Davis

Miss Fisher, Miss Fisher Murder Misteries

Phryne Fisher, a Miss Fisher, é uma detetive particular na década de 20. Se você, assim como eu ama os modelitos anos 20, amará Miss Fisher’s Murder Mysteries. Porque além de resolver assassinatos em Melbourne, ela se veste muuuuuuuuuito bem. Até sua pistola tem cabo de madrepérola! A série é bem inocente, mas é muito gostoso ver uma mulher desbocada e destemida resolvendo crimes enquanto ensina sua recatada criada a ser mais moderna.

Curtiram? Espero que sim!

Beijo, beijo.

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    María Alvarado
    12 de julho de 2016 at 15:01

    hehe Ray Donovan é também um dos meus favoritos. É que é uma dos melhores seriados americanos atualmente na televisão, mas é uma pena que não torná-lo muito promoção. Ele acaba de estrear a quarta temporada, mas espero continuar renovando, porque é tão bom que não é difícil que há pessoas com um emprego como o seu acreditar.

  • Comente aqui ;)

    Comentários